Feita por muitos 

Nesta escalada 

Parecendo colocar-me em evidência 

Posso ver o sol que ilumina minha luta 

Ao longe 

Nas veredas estreitas desta infinita obsessão 

E minhas pernas 

Vou apoiando meus braços 

Sussurro do meu coração 

O mais límpido e frágil 

Ao ritmo das notas que ressonam 

Por estas paredes sem fronteiras 

Vou subindo 

Por estas paredes sem fronteiras 

Ao ritmo das notas que ressonam 

O mais límpido e frágil 

Sussurro do meu coração 

Vou apoiando meus braços 

E minhas pernas 

Nas veredas estreitas desta infinita obsessão 

Ao longe 

Posso ver o sol que ilumina minha luta 

Parecendo colocar-me em evidência 

Nesta escalada 

Feita por muitos. 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: