Olhar que calou o coração


As mãos não se renderam à verdade 
Não aguentaram a raiva 
Não suportaram a saudade 
As mãos não ficaram limpas 
 
O ódio no teu olhar foi escondido 
Estava longe para poder ver a escuridão 
Longe demais para sentir o frio 
Mas estava perto para sentir a sua devastação 
 
Tomou a teu punho as certezas 
E empunhou-as contra teu coração 
E com um suave golpe 
Acabou com sua apreensão 
 
Logo depois em seus pulsos 
Colocou a faca e seu gume liso 
Escorregou lentamente sobre suas lembranças 
E caiu no chão como uma fruta madura e podre 
 
Seu sofrimento escorria lentamente 
Conforme fora devorando a morte 
E suas lágrimas caiam lentas 
E em seu pulso um belo corte 
 
Escorrendo em seu rosto 
As lágrimas tomaram conta da escuridão 
Entranharam em cada poro de tua pele 
E anestesiaram o seu coração 
 
Como o sangue saíra lento 
Parecendo adivinhar que os abutres estavam pertos 
E com timidez o vermelho empalidecia seu corpo 
Derramando a alma e o espírito que estavam abertos 
 
Quase sem força em seus poucos batimentos 
O coração estava se rendendo 
Nele ainda havia esperança 
Mas a guerra estava quase perdida 
 
A dor de ver suas esperanças ali 
Tornaram a raiva quase cega 
Em uma doce e nobre lembrança 
Que seria a última naquela madrugada 
 
Mesmo sem muito a fazer 
Um grito surge ao fundo de sua garganta 
Que quase afogada em suas próprias lágrimas 
Tentou um pedido de ajuda 
 
E em nenhum momento ouviu a resposta 
E em nenhum momento sentiu-se viva 
Ficou ali por mais alguns minutos 
Esperando que uma luz pudesse acender 
 
Morreu as três da manhã 
Sem qualquer tentativa de ajuda 
Com todos os desejos recuados 
E um olhar quase triste 
 
Mas alguém estava ali 
Não tomou como solidária 
E olhou o fim do seu amor 
Com um olhar de puro ódio 
 
Mas ainda que pudesse reagir, não o fez 
E mesmo que pudesse ajudar, não o fez 
Apenas olhava nos olhos de seu falecido amor 
Parecendo ter vontade de matá-lo outra vez 


 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: