Alheio de nós

 

Busco nas tempestades de areia 
O oprimido ar puro dos campos 
O bater de asas da arara-azul 
O chacoalhar agitado das cascavéis 
 

Busco nas enxurradas de verão 
A água filtrada das nascentes 
O tilintar orgânico do peixe-espada 
A boca aberta de um jacaré 
 

Busco nos mapas das memórias 
Uma rua com teu nome completo 
Um monumento que replique teu olhar 
Um pôr do sol que lembre teus sorrisos 
 

Busco no brilho das estrelas 
Algo que me faça lembrar teu signo 
Algo que pareça um caminho iluminado 
Alguma forma de velar teu sono 
 

Busco nos mais profundos sonhos 
O respirar tranquilo de tua alma 
O sorriso escondido nos teus lábios 
Um coração acalorado alheio de nós 

 

 


2 respostas para “Alheio de nós”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: